Gustavo Casado e Bruna Wurts: apostas em manter tradição de pódios da patinação

Modalidade em que o Brasil tem tradição de medalhas em Jogos Pan-Americanos, a patinação artística começa nesta sexta-feira, dia 26, a sua disputa em Lima, no Peru. Nas últimas quatro edições, o Brasil subiu no topo do pódio no masculino com Marcel Stürmer. Neste ano, caberá a Gustavo Casado a missão de substituir o tetracampeão pan-americano. No feminino, a representante é Bruna Wurts.

“É meu primeiro Pan, treinei muito para me classificar e é um sonho estar aqui. Minha expectativa é a de patinar bem e fazer uma prova tranquila”, disse Casado, frisando que os principais adversários são da Argentina, Chile e Colômbia.

“Queremos manter o nível do Brasil na competição e tentar buscar a medalha inédita no feminino. Sempre acompanhei o Marcel e quero aproveitar esta grande oportunidade de competir no Pan”, afirmou Bruna.

A patinação artística conta com diversas modalidades competitivas, como figuras obrigatórias, dança, duplas e até grupos. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, a disputa será apenas na modalidade livre individual, a mais conhecida por apresentar saltos e giros. Divididos em gênero, os atletas precisam realizar duas apresentações.

Na sexta-feira, na Vila Deportiva Nacional, em Videna, será disputado o programa curto, às 12h (de Brasília), no feminino, e às 13h (de Brasília), no masculino. No sábado, será realizado o programa longo, que decide as medalhas. A competição feminina será às 14h (de Brasília), enquanto o masculino será às 15h15 (de Brasília).

1 COMMENT

Recentes