Mirando no Pan de Lima, CBJ realiza camping internacional

Mirando no Pan de Lima, CBJ realiza treinamento de campo internacional

Atividade conta com cerca de 300 atletas de oito países no Centro de Treinamento em Pindamonhangaba, interior de São Paulo

Medalhistas olímpicos e campeões mundiais estão entre os quase 300 atletas de oito países que ficam reunidos até o próximo dia 12 de abril no Centro de Treinamento em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, para o treinamento de campo internacional, promovido pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Neste ano, além dos judocas brasileiros das seleções principais e de base, estão presentes as seleções da França, Holanda, Alemanha, Bélgica, Croácia, Argentina, Equador e Chile.

Para Rafael Silva, medalhista de bronze nas Olimpíadas de Londres 2012 e Rio 2016, a ação funciona como importante preparação para os maiores desafios do ano: os Jogos Pan-americanos de Lima e o Mundial de Tóquio, além das competições que distribuem pontos para o ranking mundial.

“Eu, como atleta do peso pesado, gosto bastante desse tipo de treino com gente de todo o mundo, porque durante o ano tenho dificuldade de encontrar parceiros aqui no Brasil na minha categoria para poder treinar. A preparação tem sido intensa, os treinos estão muito fortes e estou muito feliz em poder estar melhorando pensando nas competições desse ano”, disse Rafael.

O TC internacional começou no último dia 31 de março e termina na próxima sexta-feira. É a terceira vez que a CBJ realiza esse tipo de concentração na cidade do Vale do Paraíba com participação estrangeira. Em outros anos, o treino contou com as principais estrelas de potências na modalidade como Rússia e Azerbaijão.

O formato do treino é o mesmo dos grandes campings internacionais, como Castelldefels, na Espanha, e Mittersill, na Áustria, com uma programação de treinos dividida em dois blocos, com parte técnica no período da manhã e para os randoris (simulações de luta) no final da tarde e noite.

Entre os destaques internacionais estão diversos medalhistas em campeonatos mundiais, olímpicos e top 10 do Ranking Mundial, como Amandine Buchard (52kg), Clarisse Agbegnenou (63kg), atual tricampeã mundial, Marie-Ève Gahié (70kg), Audrey Tcheumeo (78kg), Guusje Steenhuis (78kg), atual vice-campeã mundial, Frank de Wit (81kg), número dois do mundo, Michael Korrel (100kg), número 4 do mundo, Charline Van Snick (52kg), bronze em Londres 2012, entre outros.

Pelo Brasil, foram convocados os principais atletas da seleção Sub-21 e a seleção principal sênior, entre eles atletas como o próprio Rafael Silva, Daniel Cargnin (66kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Ketleyn Quadros (63kg). Parte da seleção, como as campeãs olímpicas Sarah Menezes e Rafaela Silva, Maria Portela, Rafael Macedo, Rafael Buzacarini, entre outros, chegaram para os últimos dias de atividades depois de competir o Grand Prix de Antalya.

“É muito importante participar desse treinamento porque é a oportunidade de pegar no quimono de atletas que são referências da minha categoria, como a francesa Clarisse Agbegnenou, atual número 1 do mundo. É uma grande oportunidade de me preparar para os próximos desafios. É cansativo, exaustivo, mas faz parte”, disse Ketleyn Quadros, medalha de bronze em Pequim 2008.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2021 Agência Olímpica.

Rolar para cima