Hipismo: cavalo suíço é sacrificado após sofrer lesão durante apresentação

Tóquio, Japão – Um cavalo que competiu na noite de sábado (31, pelo horário de Brasília) no concurso completo de equitação (CCE) foi sacrificado após sofrer uma lesão durante a apresentação. A informação foi confirmada hoje (1º) pela FEI (Federação Internacional de Hipismo).

“É com grande tristeza que anunciamos que o cavalo suíço Jet Set, montado por Robin Godel, teve de ser sacrificado depois de ficar extremamente manco no Sea Forest Cross Country Course”, informou a nota, citando o lugar onde são disputadas as provas do CCE nas Olimpíadas.

Jet Set tinha 14 anos e sofreu a lesão em um dos obstáculos aquáticos da prova. Ele recebeu atenção veterinária imediatamente e, após avaliação inicial, foi transferido de ambulância para uma clínica local.

“Infelizmente, a ultrassonografia revelou uma ruptura irreparável no membro inferior direito, logo acima do casco. Por motivos humanos e com a concordância dos proprietários e do atleta, foi tomada a decisão de adormecer o cavalo”, disse a nota. “Adormecer” foi um eufemismo usado pela federação para se referir ao sacrifício.

Em seu perfil no Instagram, o cavaleiro Robin Godel lamentou a perda do seu companheiro na prática do hipismo, além de anunciar que se ausentará das redes sociais por conta do falecimento de Jet Set.

“Em um galope a poucos saltos da chegada, a lesão nos obrigou a deixá-lo ir. Jet era um cavalo extraordinário e mais uma vez estava fazendo uma volta magnífica. Ele partiu para fazer o que mais gosta: galopar e voar sobre os obstáculos”, escreveu.

Recentes