Isaquias Queiroz deixa bicampeão olímpico para trás e é campeão mundial no C1 1000

Isaquias Queiroz deixa bicampeão olímpico para trás e é campeão mundial no C1 1000

Um dia após conquistar o bronze com Erlon de Souza na prova do C2 1000m, Isaquias Queiroz voltou a subir no pódio do Mundial de canoagem, em Szeged, na Hungria. Desta vez, no lugar mais alto. Ele faturou o ouro no C1 1000m ao cruzar a linha de chegada com 3min59s23.

Esta é a 12ª medalha de Isaquias em Mundiais adultos, sendo a sexta de ouro. As outras seis são de bronze, conquistadas entre 2013 e 2019.

Tomasz Kaczor, da Polônia, ficou com a prata (4min00s92) e Adrien Bart, da França, com o bronze (4min01s55). O alemão Sebastian Brendel, atual bicampeão olímpico da prova, ficou em quarto lugar, com o tempo de 4min01s60.

“Vim sem estar totalmente preparado, com uma gripe, mas é trabalho. Eu botei o tronco embaixo e fui remando. Eu acho que a prova do C1 1000 de ontem me ajudou muito. Eu estava muito cansado, mas deu mais confiança ter conquistado a vaga. Acordei feliz, acordei bem e fui pra cima – disse o brasileiro.

Os cinco primeiros garantiram vaga para os respectivos países na Olimpíada de Tóquio 2020. Classificado desde ontem, com a medalha no C2, Isaquias entrou na final de hoje sem essa pressão.

Confira o resultado completo da prova no site oficial da competição.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima