Fernanda Garay anuncia pausa na carreira após Tóquio 2020

Uberlândia, Brasil – A ponteira Fernanda Garay anunciou, na manhã desta segunda-feira (12), em coletiva virtual com representantes do Praia Clube, uma pausa na carreira. Campeã olímpica em Londres 2012, a porto-alegrense de 34 anos disse que deixará as quadras após a Olimpíada de Tóquio.

Segundo a atleta, chegou a hora de ser mãe.

“Depois de pensar muito, eu tomei a decisão de não renovar com o Praia para a próxima temporada e fazer uma pausa na minha carreira para me dedicar à minha família e me dedicar ao sonho de ser mãe”, explicou a jogadora.

“A cada temporada, eu me sinto mais madura para conhecer e ouvir o meu corpo. Às vésperas de fazer 35 anos, eu estou com a sensação de que esse é o momento, que não vale mais a pena esperar mais por isso”, completou.

Nas últimas quatro temporadas, Fernanda Garay defendeu o Praia Clube, com o qual conquistou a Superliga, Campeonato Mineiro e o Super Vôlei. Sua presença no elenco do Praia foi fundamental para consolidar o time mineiro como um dos melhores do Brasil.

“Fiquei quatro anos jogando fora do Brasil, foram longos quatro anos longe. Em 2017, quando eu votei, não imaginava que seria tão bem recebida e não imaginava o quanto eu teria de identidade com o clube, o amor, o carinho. Eu me sinto parte dessa família.”

Nesta semana, Fernanda Garay se apresentará ao técnico José Roberto Guimarães no Centro de Desenvolvimento de Saquarema. Iniciará os treinamentos para a disputa da Liga das Nações (VNL) e para a Olimpíada de Tóquio.

“Eu me despeço não da forma que eu gostaria, com o título, mas dei o meu melhor. Vou dar o meu máximo para brigar por Tóquio e fazer o melhor possível para representar a Seleção Brasileira. Tem muito significado depois de uma ano tão difícil que eu tive” disse Garay.

Fernanda Garay teve passagens por clubes como Sogipa, São Caetano, Minas e Pinheiros, bem como pela seleção brasileira de base. Com a seleção nacional, conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, três títulos no Grand Prix, o vice-campeonato e o bronze nos mundiais de vôlei, respectivamente, de 2010 e 2014.

Recentes