FIVB anuncia locais do Mundial Feminino de 2022

Data:

Holanda e Polônia serão as anfitriãs do 19º Campeonato Mundial Feminino de Voleibol, em 2022

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) anunciou hoje (13) que Holanda e Polônia sediarão em conjunto a próxima edição do Mundial Feminino de Voleibol da entidade, em 2022. Tanto a Holanda quanto a Polônia têm uma vasta experiência na realização de eventos internacionais da modalidade.

Após o anúncio, o Presidente Ary Graça declarou que “a FIVB está encantada por ter encontrado duas grandes nações, famosas por seu amor ao esporte e por sua capacidade de sediar grandes eventos esportivos. Realizamos um processo de licitação muito competitivo e decidimos, por unanimidade, que a candidatura conjunta da Holanda e da Polônia é a melhor escolha para a realização do evento.”

- Advertisement -

Graça acrescentou que não tem dúvida do sucesso do evento: “Não temos dúvidas de que eles vão fazer um grande show em 2022, proporcionando a melhor experiência para os atletas e entregando o melhor entretenimento para os fãs, dentro e fora dos estádios.”

As informações sobre as datas e cidades exatas da competição não foram divulgadas ainda pela Federação.

Competição

O Campeonato Mundial Femino de Voleibol é realizado quadrienalmente pela FIVB. A primeira edição ocorreu em 1952, na extinta União Soviética (URSS). Na ocasião, A URSS foi a campeã. A última, aconteceu no Japão, entre 29 de setembro e 20 de outubro de 2014.

A Rússia é a seleção com mais conquistas na história da competição. São 13 medalhas, distribuídas entre 7 ouros, 2 pratas e 4 bronzes. O Japão aparece em segundo lugar, com 7 medalhas: 3 ouros, 3 pratas e 1 bronze. Cuba encontra-se em terceiro posto, com 3 ouros e 1 prata, totalizando 4 medalhas.

Entre as anfitriãs de 2022, a Polônia é a única a ter conquistado pódio na competição: 1 prata e 2 bronzes. Melhor resultado da Holanda é um 4º lugar, conquistado na última edição do Mundial, no Japão.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes