Sesc RJ vence clássico contra Osasco-Audax e segue invicto

Foi a sexta vitória consecutiva do time do treinador Bernardinho que segue invicto e na liderança da Superliga 19/20 feminina de vôlei

0

Osasco, Brasil – Em mais um capítulo de um dos grandes clássicos do voleibol mundial, melhor para o Sesc RJ. Nesta sexta-feira (29), a equipe carioca venceu o Osasco-Audax (SP) por 3 sets a 2 (25/23, 21/25, 25/22, 21/25 e 15/5), no ginásio José Liberatti, em Osasco, São Paulo. Foi a sexta vitória consecutiva do time do treinador Bernardinho que segue invicto e na liderança da Superliga 19/20 feminina de vôlei. A partida foi válida pela sexta rodada do turno.

Na classificação geral, o Sesc RJ aparece em primeiro lugar, com 17 pontos (seis vitórias). Com um jogo a menos, o Osasco-Audax está na quarta colocação, com 12 pontos (quatro resultados positivos e um negativo).

A oposta Tandara foi a maior pontuadora do confronto, com 22 acertos, e ficou com o Troféu VivaVôlei, após ser eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A central Juciely, que brilhou no tie-break, também teve boa atuação, com 17 acertos. Pelo lado do Osasco-Audax, destaque para a oposta Bjelica, com 21 pontos.

Ao final do duelo, Tandara fez uma análise sobre a partida e parabenizou o grupo carioca pela vitória.

“Para mim a diferença no tie break foi o saque. Todo mundo que passou por ali fez uma sequência legal. Teve a minha, depois veio a Amandinha e fez mais três. Sem dúvida, a diferença foi o saque e o fato de não errarmos muito. Assim, colocamos sempre a pressão para o lado de lá, fazendo com que elas jogassem e elas se desesperaram um pouco. Era isso que queríamos mesmo fazer, viemos, a cada dia, procurando aperfeiçoar nosso jogo, treinando muito e todo mundo está de parabéns pela vitória”, afirmou Tandara.

No Osasco-Audax, a levantadora Roberta lamentou a derrota, mas destacou o equilíbrio da partida e a boa atuação da equipe de Osasco.

“Nós queríamos a vitória e trabalhamos muito para isso. Fico triste pelo quinto set, que não fomos bem, mas, por outro lado, saio de quadra feliz pelo modo como jogamos os outros quatro. O Sesc RJ tem um grande time e os confrontos são sempre muito equilibrados e definidos nos detalhes. E não foi diferente desta vez. Agora é seguir trabalhando e buscar a reabilitação em Bauru”, disse Roberta.

O Sesc RJ voltará à quadra na próxima terça-feira (03.12) contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 21h30, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP). Já o Osasco-Audax (SP) jogará contra o Sesi Vôlei Bauru (SP) próxima sexta-feira (06.12), às 21h30, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). As duas partidas terão transmissão do SporTV 2.

Leia também

Comente esta notícia

Seu endereço de email não será publicado.