Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski vencem e avançam no US Open

Elas superaram a croata Petra Martic e a norte-americana Shelby Rogers por 6/4, 6/7 (5-7) e 7/6 (7-3) em 2h24 de partida

Nova Iorque, EUA – O domingo de muita chuva em Nova York acabou possibilitando uma experiência inédita na vida de Luísa Stefani. A brasileira teve sua partida da segunda rodada de duplas do US Open transferida para o Arthur Ashe Stadium, maior estádio de tênis do mundo, e conseguiu vencer ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. Elas superaram a croata Petra Martic e a norte-americana Shelby Rogers por 6/4, 6/7 (5-7) e 7/6 (7-3) em 2h24 de partida.

Stefani e Dabrowski vivem ótimo momento no circuito de duplas e disputaram três finais seguidas nos eventos preparatórios para o US Open, com título em Montréal e vice-campeonatos em San Jose e Cincinnati. Outro torneio em que elas jogaram juntas foi o WTA 500 de Ostrava, no fim do ano passado, quando também chegaram à decisão.

Garantidas nas oitavas de final, Stefani e Dabrowski agora enfrentam as ucranianas Marta Kostyuk e Dayana Yastremska já nesta segunda-feira, por volta de 14h00. Esta é apenas a segunda participação de Luísa Stefani no US Open, sendo que no ano passado ela chegou às quartas de final ao lado de Hayley Carter.

Apesar de ter atingido as quartas em 2020, Stefani já não precisa mais se preocupar com defesa de pontos no ranking. A última edição teve pontuação reduzida por ter menos duplas inscritas no torneio, em função da pandemia. A atual 17ª colocada havia feito 215 pontos no torneio do ano passado, mas já supera essa marca com os 240 deste ano, que apenas igualam seu último resultado válido. Ela inclusive já vai ganhar a posição da norte-americana Nicole Melichar, que tinha mais pontos a defender.

Recentes