Novak Djokovic sofre, mas estreia com vitória em Monte Carlo

Data:

Sérvio busca o tricampeonato do torneio, após vencer em 2013 e 2015

Novak Djokovic, número 1 do mundo, sofreu em sua estreia, mas conseguiu vencer no Masters 1000 de Monte Carlo. Ele superou o alemão Philipp Kohlschreiber (40º), com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4, em longo duelo de 2 horas e 37 minutos.

Com o resultado, o líder do ranking avança às oitavas de final e segue atrás de seu terceiro título no torneio. Ele foi campeão em 2013, superando Rafael Nadal na final, e em 2015, batendo Tomas Berdych.

- Advertisement -

No primeiro set, o sérvio sofreu, teve quatro break points contra, mas conseguiu se salvar. Recebendo em 4/3, foi eficiente para conquistar a quebra necessária para definir na sequência, marcando 6/3.

A segunda parcial foi mais irregular. Por três vezes, Kohlschreiber esteve em vantagem, mas não se segurou com o serviço. Inclusive, o alemão chegou a perder set point com dupla-falta. Ainda assim, conquistou a quebra decisiva quando tinha 5/4, empatando o duelo.

Djokovic começou melhor o terceiro set, salvando break points e abrindo 2/0. Com mais segurança em seus games de serviço, apesar de ainda cometer alguns erros, o sérvio manteve a margem e finalizou a partida ao aplicar 6/4.

Nas oitavas, o rival de Novak Djokovic será o vencedor da partida entre o argentino Diego Schwartzman (24º) e o norte-americano Taylor Fritz (65º), que se enfrentam nesta quarta-feira.

Fonte: Tênis Brasil

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes