Bia Haddad Maia sai de emboscada e triunfa na estreia do WTA de Hong Kong

Data:

A estreia de Bia Haddad Maia no Aberto de Hong Kong (Prudential Hong Kong Tennis Open) foi nada tranquila. A número 1 do Brasil teve muita dificuldade para superar a número 89 da WTA, a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, por 2×1, parciais de 7/6 (7-3), 3/6 e 7/6 (7-3), em 3h30 de jogo.

Cabeça de chave número 2 em Hong Kong, Bia vai encarar a experiente russa Anastasia Pavlyuchenkova, que mais cedo despachou a croata Jana Fett por duplo 6/0.

- Advertisement -

O jogo entre Bia e Aliaksandra foi cheio de altos e baixos para ambos os lados. A vitória da brasileira poderia ter vindo de forma mais tranquila. Quando tinha 4/2 e sacando no terceiro e decisivo set, a paulista de 27 anos viu sua adversária quebrá-la e fazer três games seguidos para abrir 5/4. Na sequência, Bia controlou os nervos e devolveu uma das quebras, deixando tudo igual. Depois, confirmou o saque para ter novamente a vantagem. Sasnovich, em seguida, confirmou o saque e levou o set para o tiebreak, que foi vencido por Bia em 7-3.

Esta foi a sexta partida de Bia em 2023 com duração de 3h ou mais, sendo que a canhota paulista esteve nos dois jogos mais longos do ano: a vitória sobre a espanhola Sara Sorribes em Roland Garros (3h51) e a derrotada para a ucraniana Anhelina Kalinina no WTA 1000 de Roma (3h41).

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes