“Quando não sinto mais as pernas, é nessa hora que…”, Djokovic revela como lida com exaustão

Data:

Que Novak Djokovic é um dos mais disciplinados e dedicados tenistas do circuito não é novidade, mas há algum segredo por trás de tamanha resiliência?

O sérvio de 36 anos, que acaba de erguer o seu 24° troféu de Grand Slam, contou à imprensa sérvia o que o ajuda a superar os momentos mais extenuantes numa partida – e não é a cretina.

- Advertisement -

“Eu confio em Deus e nos meus anjos da guarda”, disse Djokovic à mídia sérvia, após o triunfo no US Open, que lhe permitiu igualar o recorde de Majors com a australiana Margaret Court.

“Nos momentos em que não sinto mais as pernas, quando não tenho mais forças, quando a bola fica embaçada… nesses momentos, espero a intervenção divina.”

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes