Iga Swiatek tem dificuldade, mas avança no WTA 1000 de Madri

Data:

Madri, Espanha – Em seu terceiro compromisso no WTA 1000 de Madri, a polonesa Iga Swiatek foi muito mais exigida e cedeu um set pela primeira vez no torneio, mas deu mais um passo rumo ao título inédito nas quadras de saibro da capital espanhola. A número 1 do mundo ficou a um ponto de uma vitória em sets diretos, mas acabou tendo que lutar por 2h27 para vencer a russa Ekaterina Alexandrova, 17ª do ranking, por 6/4, 6/7 (3-7) e 6/3 e chegar às quartas de final.

Depois de ter atuado em dois dias seguidos, Swiatek terá a terça-feira livre e só volta a atuar na próxima quarta. A polonesa enfrenta a experiente croata de 32 anos Petra Martic, 33ª do ranking e algoz da tcheca Barbora Krejcikova por 6/3 e 7/6 (7-1). A líder do ranking venceu o único duelo anterior contra Martic, disputado em Indian Wells há duas temporadas.

- Advertisement -

Esta já é a melhor campanha que Swiatek faz em Madri, já que ela só havia atuado na edição de 2021 e caído nas oitavas, diante da então líder do ranking Ashleigh Barty. A polonesa de 21 anos já é bicampeã dos outros três grandes torneios no saibro europeu, Roland Garros, Roma e Stutgart.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes