Ons Jabeur supera estreia complicada e avança no Australian Open

Data:

Melbourne, Austrália – Vice-líder do ranking e finalista dos dois últimos Grand Slam, Ons Jabeur teve um jogo complicado em sua estreia no Australian Open. A tunisiana precisou de três sets e precisou de 2h17 para vencer a eslovena Tamara Zidansek, 98ª do ranking, por 7/6 (10-8), 4/6 e 6/1.

Aos 28 anos, Jabeur faz sua sexta participação na chave principal do Australian Open e tem como melhor resultado as quartas de final em 2020. Ela não disputou a edição passada em Melbourne por lesão nas costas. Assim, ela só tem pontos a somar durante o torneio e tentará diminuir a enorme diferença em relação à número 1 Iga Swiatek.

- Advertisement -

O primeiro set teve alguns altos e baixos, com Jabeur liderando por 4/1, mas permitindo o empate no oitavo game. A tunisiana salvou um set-point no saque quando perdia por 5/4 e outros três durante o tiebreak. Ela foi corajosa nos momentos decisivos e definia pontos importantes com winners de forehand.

No segundo set, Zidansek apostou em sua regularidade, errava muito pouco e fez jogar. Com ralis longos, ela quebrou para fazer 5/3, perdeu o saque no game seguinte, mas recuperou a vantagem na sequência. Mas a vice-líder do ranking retomou o controle da partida no terceiro set, com três novas quebras e sem enfrentar break-points para chegar à vitória.

A adversária de Jabeur na segunda rodada em Melbourne virá da partida entre a norte-americana Alison Riske-Amritraj e a canhota Marketa Vondrousova. No mesmo setor da chave, a jovem tcheca de 17 anos Linda Fruhvirtova venceu a australiana Jaimee Fourlis por 6/0 e 6/4, e vai enfrentar a também anfitriã Kimberly Birrell, que bateu a estoniana Kaia Kanepi por 3/6, 7/6 (7-4) e 6/1.

Superada por Jabeur nesta terça-feira, Zidansek tem como melhor resultado em Grand Slam a semifinal de Roland Garros em 2021. A eslovena está com 25 anos e já foi 22ª do mundo no ano passado. Ela tem um título de simples na WTA, conquistado no saibro de Lausanne, e esteve em outras duas finais.

Ons Jabeur em busca de seu primeiro Grand Slam

A tunisiana, que já fez final em Wimbledon e no US Open, espera, enfim, erguer o troféu em um Grand Slam. Atual número 2 do mundo, ela é a segunda cabeça de chave do Grand Slam em Melbourne.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes