Bia Haddad Maia doutrina Amanda Anisimova e avança em Adelaide

Data:

Adelaide, Austrália – A paulista Beatriz Haddad Maia teve mais uma grande atuação nesta quarta-feira, bateu com propriedade a norte-americana Amanda Anisimova e se garantiu nas quartas de final do WTA 500 de Adelaide 2, triunfando com parciais de 6/4 e 7/5, depois de 1h59 de confronto

Bia terá pela frente a espanhola Paula Badosa, que mais cedo derrotou a lucky-loser estoniana Kaia Kanepi. Ela ainda não cruzou com Badosa no circuito, mas já enfrentou Kanepi duas vezes, ambas em 2022, venceu em Eastbourne e perdeu em Roland Garros.

- Advertisement -

Com bastante variação, mas também sem perder a agressividade, Bia fez um primeiro set muito firme. Logo no primeiro game ela conquistou uma quebra e seguiu melhor na sequência, tendo mais um break-point no terceiro game e outros três no sétimo.

Firme com o saque, vencendo 81% dos pontos com a primeira bola e 71% no geral, a paulista administrou muito bem a vantagem e praticamente não dei chances a Anisimova, que só foi ter um break-point a seu favor quando Bia sacou para fechar, conseguindo no segundo set-point que teve.

Assim como na parcial anterior, a brasileira abriu a segunda com uma quebra já no primeiro game. Contudo, desta vez Anisimova reagiu rápido e devolveu o break em seguida. Bia teve uma nova chance no quinto, quando viu a rival salvar o break-point em uma bola duvidosa.

Na sequência foi a vez de Anisimova pressionar o saque de Bia, que saiu de 15-40 e confirmou o serviço. Nos dois games seguintes, novas chances para os dois lados, com quatro break-points para a brasileira e dois para a norte-americana, todos eles não concretizados.

O jogo só foi se definir na reta final. A canhota paulista aproveitou um momento de baixa da adversária para anotar uma quebra no 11º game e depois se impôs com o serviço para fechar, contando também com uma Anisimova já mostrando estar bastante desgastada. Esta foi sua primeira vitória em três jogos contra a norte-americana.

WTA de Adelaide

O WTA de Adelaide – ou Adelaide International 1 e Adelaide International 2, atualmente – são torneios de tênis profissional femininos, de nível WTA 500 e WTA 250. Realizado em Adelaide, no sul da Austrália, estreou em 1972 e teve vários períodos recortados por hiatos.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes