Bia Haddad Maia salva set-points e estreia com autoridade no WTA de Adelaide

Data:

Adelaide, Austrália – Começou muito bem a campanha da paulista Beatriz Haddad Maia no WTA 500 de Adelaide 2, nesta segunda-feira. Depois de oscilar um pouco no primeiro set, ela deslanchou no segundo e bateu a romena Sorana Cirstea se impondo com o placar final de 7/6 (7-5) e 6/1, conquistado em 1h48 de batalha.

A próxima rival da canhota paulista ainda não está definida. Cabeça de chave número 11, ela espera pelo confronto entre a norte-americana Amanda Anisimova, que entrou na chave como lucky-loser, e a russa Liudmila Samsonova, que não estreiam nesta segunda.

- Advertisement -

Bia foi melhor no primeiro set e poderia ter vencido sem o tiebreak, mas acabou quebrada ao sacar para fechar. Logo no primeiro game ela teve um break-point, evitado por Cirstea, e no sétimo foram mais três, com o último deles concretizado. A romena se salvou no nono, quando a paulista serviu em 5/4 e não jogou bem, devolveu o break e a definição foi para o desempate.

Antes disso, porém, a brasileira teve uma nova chance de quebra no 11º game e no seguinte teve que salvar dois set-points com o saque. No desempate, Cirstea chegou a abrir 4-2, mas depois empacou no placar, perdeu quatro pontos seguidos e acabou perdendo o set.

Na segunda parcial o jogo ficou mais na mão de Bia, que deslanchou após anotar uma quebra no quarto game. Ela repetiu a dose no sexto e foi ao saque para fechar. Desta vez, a canhota paulista não vacilou e confirmou fechando o jogo no primeiro match-point que teve. Bia terminou com aproveitamento de 73% com o saque e 45% nas devoluções.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes