ATP de Adelaide: Novak Djokovic vence Sebastian Korda e ergue 92º troféu

Data:

Adelaide, Austrália – Quando tudo parecia perdido para Novak Djokovic, o sérvio encontrou uma saída para derrotar Sebastian Korda, neste domingo (8), na decisão do ATP de Adelaide. Após perder o primeiro set no tie-break, Djokovic virou sobre Korda, que vendeu caro a sua primeira final do circuito.

Com a vitória, o sérvio atual número 5 do ranking chegou ao seu 92º título no circuito masculino de tênis. Apenas Jimmy Connors, Roger Federer e Ivan Lendl estão à frente de Djokovic, já que Rafael Nadal possui os mesmos 92 títulos.

- Advertisement -

A final entre Djokovic e Korda

O primeiro set foi muito longo e com as oportunidades para os dois lados, especialmente para Korda. O jovem norte-americano foi o primeiro a conseguir uma quebra, depois de um ponto longo em que usou muito bem o backhand para atacar as paralelas. Sacando para o set quando liderava por 5/4, ele teve 40-0, mas Djokovic devolveu a quebra. Dois games mais tarde, o sérvio teria seu priemiro set-point, mas Korda se salvou em seu serviço.

A definição ficou para o tiebreak, em que Korda esteve à frente no placar durante a maior parte do tempo. Ele teve mais quatro set-points e ainda salvou mais um, com Djokovic isolando um forehand, antes de conseguir fechar o set em um erro não-forçado do sérvio com o backhand.

O segundo set foi inteiramente sem quebras até um novo tiebreak, mas Korda teve seu serviço ameaçado ainda no no início da disputa. Por sua vez, Djokovic vinha confirmando seus games de saque sem correr riscos até o momento em que perdia por 6/5. O sérvio salvou um match-point jogando de forma agressiva e cravou o smash quando o rival tentava o lob. Pouco depois, fez outra boa intervenção junto à rede para vencer o game. O ex-líder do ranking dominou o tiebreak e empatou a partida.

O domínio dos sacadores em quadra continuava no terceiro set. E desta vez, era Djokovic quem estava o tempo todo à frente no placar, enquanto Korda tinha a obrigação de confirmar seus serviços para buscar o empate. Sem enfrentar break-points, o sérvio aumentava a pressão sobre o rival. O jovem norte-americano reverteu um 15-40 ainda no início do set e voltaria a ter o saque ameaçado quando perdia por 5/4, quando Djokovic chegou ao match-point. Ele disputou um ponto muito longo e apostou em variação de altura e peso de bola para não dar ritmo ao rival e chegar à vitória

Djokovic, ATP de Adelaide e Australian Open

Após a polêmica deportação em 2022, a vitória em Adelaide traz uma injeção de ânimo ao sérvio, que, inclusive, declarou ter ficado feliz com a recepção no país. O Australian Open começa no próximo dia 16 e Djokovic espera conquistar o seu décimo troféu no evento e igualar Rafael Nadal em número de Majors.

 

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes