Thiago Monteiro cai na estreia de Wimbledon

Com muitos erros nas tentativas de jogar pontos curtos, ele foi dominado pela consistência do espanhol Jaume Munar, que anotou as parciais de 6/2, 6/4 e 7/5

Londres, Inglaterra

O canhoto cearense Thiago Monteiro não conseguiu ser competitivo na sua estreia em Wimbledon deste ano. Com muitos erros nas tentativas de jogar pontos curtos, ele foi dominado pela consistência do espanhol Jaume Munar, que anotou as parciais de 6/2, 6/4 e 7/5.

Esta foi a quarta participação de Monteiro no mais tradicional torneio do circuito, mas ele só conseguiu até hoje uma vitória sobre a grama do All England Club, obtida ainda em 2017. No ano passado, ele não deu sorte e pegou o canadense Felix Auger-Aliassime logo de cara.

Como Wimbledon não oferecerá pontos para o ranking devido à decisão de barrar russos e bielorrussos, Monteiro pode até subir para o 93º posto caso tenistas que estejam em challengers não o ultrapassem. Seu calendário prevê disputar o challenger de Salzburgo na próxima semana.

Munar, contra quem Monteiro havia jogado três vezes no circuito e vencido apenas a primeira, sempre foi superior nos sets disputados nesta segunda-feira. Há poucos dias, os dois tinham se enfrentado num longo duelo de mais de 3h no saibro de Perugia e talvez por isso o cearense tenha optado por diminuir as trocas e arriscar mais.

No entanto, raramente esteve muito feliz nessa tática, cometendo muitos erros nas bolas iniciais. Pior ainda, o serviço não funcionou a contento e assim sempre sofreu quebras precoces em cada set. Perdeu o saque logo no primeiro game, não achava devoluções e cedeu outra quebra.

A chuva parou a partida após o game inicial e isso deu tempo para o brasileiro rever seu jogo. Chegou a ter dois break-points assim que voltaram, mas Munar foi firme. Monteiro cedeu quebra em seguida e jamais conseguiu reagir. Situação semelhante aconteceu no terceiro set, quando Munar aproveitou o terceiro break-point para ir a 3/1. O número 1 brasileiro ainda conseguiu reagir, ao empatar por 4/4 e virar para 5/4, porém o espanhol não se abalou e voltou ao domínio. Monteiro terminou com 31 erros diante de apenas 13.

PUBLICIDADE

Últimas notícias

LEIA TAMBÉM