Diego Schwartzman leva a melhor sobre Kevin Anderson e avança em NY

Apesar de ter sido definida em sets diretos, a partida teve 3h12 de duração, além de uma longa paralisação para troca de quadra, por conta da chuva

Nova Iorque, EUA – Em jogo entre dois ex-integrantes do top 10, Diego Schwartzman levou a melhor sobre Kevin Anderson e garantiu vaga na terceira rodada do US Open. Ele venceu por 7/6 (7-4), 6/3 e 6/4. Apesar de ter sido definida em sets diretos, a partida teve 3h12 de duração, além de uma longa paralisação para troca de quadra, por conta da chuva.

O argentino de 29 anos e número 14 do mundo tem agora uma ótima chave pela frente e entra como amplo favorito para a sequência da competição. Schwartzman enfrenta na próxima fase o eslovaco vindo do quali Alex Molcan, canhoto de 23 anos e apenas 138º do ranking. Em caso de vitória, os possíveis adversários nas oitavas seriam o também argentino Facundo Bagnis, 80º do mundo, ou o holandês vindo do qualificatório Botic Van de Zandschulp, 117º colocado e algoz do cabeça 8 Casper Ruud.

As melhores campanhas de Schwartzman no US Open foram as quartas de final, alcançadas em 2017 e 2019. Apesar de ter caído ainda na rodada de estreia na edição passada do torneio, os 360 pontos conquistados há dois anos permanecem em seu ranking e ele precisa tentar defender esse resultado.

Mudança de quadra por conta da chuva

A partida entre Schwartzman e Anderson precisou mudar de quadra no início do segundo set. Com a forte chuva e os ventos nesta quarta-feira em Nova York, nem mesmo o teto retrátil do Louis Armstrong Stadium impediu que a quadra ficasse impraticável, já que a arquitetura do estádio tem uma parte vazada. A solução foi transferir a partida para o Arthur Ashe Stadium no fim da rodada da quadra principal do complexo.

Durante o primeiro set, Schwartzman só precisou fazer 4 winners contra 20 de Anderson, mas cometeu apenas 10 erros e contou com os 28 erros não-forçados do adversário. Quando a partida foi interrompida, o argentino já havia vencido o set inicial e liderava a parcial seguinte por 2/1.

Na volta, Schwartzman fez um set impecável ao ceder apenas cinco pontos nos games de saque, sendo somente um quando colocou o primeiro serviço em quadra. Além disso, pressionou constantemente o saque de Anderson e mostrou golpes excelentes. Deu um lob no grandalhão de 2,03m, explorou outra subida do rival para aplicar uma passada e conseguiu a quebra de serviço.

No início do terceiro set, o argentino sofreu um pouco com os erros e duplas faltas, mas escapou de dois break-points e conseguiu a quebra pouco depois. Com jogo muito firme do fundo de quadra, Schwartzman sustentou bem alguns ralis longos na reta final da partida para confirmar sua vitória em três sets.

Últimas notícias

Related Articles