Dominic Thiem diz que Andy Murray estava certo em reclamar da postura de Stefanos Tsitsipas

Atual campeão do US Open defendeu Murray, mas também ponderou a necessidade de sair de quadra em um jogo longo

Viena, Áustria – Atual campeão do US Open, o austríaco Dominic Thiem não viajou para Nova York neste ano para defender o título por causa de uma lesão no punho direito, mas isso não o impede de acompanhar de longe o torneio e inclusive de comentar sobre a polêmica e longa ida ao banheiro do grego Stefanos Tsitsipas na vitória de virada sobre o britânico Andy Murray na primeira rodada.

Thiem defendeu Murray, mas também ponderou a necessidade de sair de quadra em um jogo longo. “Eu vi a maior parte da partida e entendendo totalmente o Andy. Mas também entendo que, principalmente com as condições de Nova York, você precise pelo menos duas vezes em uma partida de cinco sets porque só assim é possível trocar a parte de baixo”, falou o austríaco.

“Não há maneira de contornar isso, especialmente se você suar muito. Mas deve haver um limite de tempo para isso, porque se você sai para trocar todas as suas roupas, não demora muito, três ou quatro minutos, no máximo cinco. Então deve haver um limite de tempo para isso”, acrescentou Thiem, criticando a longa demora de Tsitsipas em suas saídas de quadra.

O austríaco acredita que os quase oito minutos levados pelo grego na virada do quarto para o quinto set foram um exagero e por isso ficou ao lado de Murray. “Ouvi a entrevista coletiva de Andy e ele estava certo. Tudo isso esfria seu corpo, você fica travado e não é nada fácil”, finalizou o atual número 6 do mundo.

Últimas notícias

Related Articles