Andrey Rublev bate Daniil Medvedev pela primeira vez e decide Cincinnati

Depois de cinco jogos, Andrey Rublev, enfim, bate o número 2 do mundo, Daniil Medvedev

Cincinnnati, EUA – Pela primeira vez em cinco encontros pela elite do circuito, Andrey Rublev conseguiu superar Daniil Medvedev para garantir seu lugar na final do Masters 1000 de Cincinnati. O jogador de 23 anos e número 7 do mundo levou a melhor no duelo russo contra o atual vice-líder do ranking e marcou as parciais de 2/6, 6/3 e 6/3 em 2h20 de partida. Até então, Medvedev havia vencido os quatro duelos anteriores em nível ATP e mais um jogo de challenger.

Vencedor de oito títulos no circuito, Rublev busca seu primeiro Masters 1000. Este ano, o russo já havia sido finalista no saibro de Monte Carlo e perdido para o grego Stefanos Tsitsipas na decisão. Existe a chance de um reencontro entre eles, caso Tsitsipas vença a segunda semifinal deste sábado, diante do alemão Alexander Zverev. O russo tem três vitórias e quatro derrotas contra o grego e perdeu os quatro duelos anteriores contra o alemão.

Na atual temporada, Rublev já acumula 41 vitórias e foi campeão do ATP 500 de Roterdã, em quadras duras e cobertas. E além da recente final em Monte Carlo, também ficou com o vice na grama de Halle. Ele disputará sua 13ª final na carreira. Mesmo se for campeão, sua posição no ranking não muda.

Apesar de defender apenas 360 dos mil pontos que precisava em Cincinnati, referentes ao título na edição de 2019, Medvedev ainda diminui um pouco a diferença para o número 1 do mundo Novak Djokovic, mas perde a chance de encostar ainda mais no sérvio. Isso porque ambos terão descontados mil pontos na próxima segunda-feira, uma vez que Djokovic venceu o torneio de 2020, e o torneio marca o início do processo da ATP para normalizar o ranking até agosto de 2022.

Recentes