Alexander Zverev arrasa Karen Khachanov e fatura ouro em Tóquio 2020

Tóquio, Japão – O alemão Alexander Zverev conquistou o ouro nos Jogos Olímpico de Tóquio. Neste domingo (1), ele derrotou o russo Karen Khachanov, em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1, depois de 1h21 de partida.

Primeiro homem da Alemanha a vencer uma medalha de ouro olímpica em simples, Zverev repetiu Steffi Graf em 1988, única de seu país até então a conseguir esse feito. Boris Becker e Michael Stich também levaram o outro, mas nas duplas nos Jogos de Barcelona em 1992.

Dono de 15 títulos no circuito, sendo 10 deles em piso duro, o germânico de 24 anos sagra-se campeão pela terceira vez na temporada. Ele também conquistou os títulos do ATP 500 de Acapulco e do Masters 1000 de Madri.

O primeiro set da partida foi equilibrado, mas com Zverev um pouco melhor, tanto que já no terceiro set conseguiu uma quebra de vantagem. Khachanov teve a chance de devolver o break no sexto, mas deixou a oportunidade passar. Sacando pressionando em 3/5, o russo perdeu o serviço mais uma vez e assim a parcial inicial.

Bastante agressivo e se movimentando muito bem da linha de base, o alemão aproveitou o bom momento e depois de vencer os dois últimos games do primeiro set também faturou os cinco primeiros do segundo, praticamente encaminhando a vitória. Khachanov evitou o ‘pneu’ ao confirmar no sexto game, mas não evitou a derrota e teve que se contentar com a prata.

Zverev esteva afiado com o saque durante o jogo todo, terminando com 74% de aproveitamento, além de seis aces e nenhuma dupla falta. Sua mão estava calibrada neste domingo, em que cometeu apenas quatro erros não forçados a mais do que o rival (15 a 11) e anotou mais do que triplo de bolas vencedoras (22 a 7).

Recentes