Novak Djokovic bate Hugo Dellien na estreia em Tóquio 2020

Tóquio, Japão – A busca pela inédita medalha de ouro para o sérvio Novak Djokovic começou sem grandes dificuldades. Neste sábado, o número 1 do mundo passou bem pelo boliviano Hugo Dellien, anotando duplo 6/2 em apenas 63 minutos de partida. Ele terá agora pela frente o alemão Jan-Lennard Struff, que mais cedo eliminou o cearense Thiago Monteiro.

Assim como tem sido em boa parte da temporada, ‘Nole’ mais uma vez mostrou um ótimo desempenho com o saque, anotou sete aces e nenhuma dupla falta, conseguiu vencer 82% dos pontos com o primeiro serviço e foi impecável com o segundo, faturando todos os 14 pontos disputados com ele.

Outro destaque do recorrente do sérvio foi o número de erros não forçados, com apenas 6 diante dos 15 de Dellien, que até se segurou no começo dos dois sets, principalmente o primeiro, no qual sustentou a igualdade até levar a quebra no sexto game, salvando três break-points seguidos no quarto quando saiu de 0-40. O boliviano ainda voltou a perder o saque no sexto.

Djokovic demorou menos para obter a primeira quebra da segunda parcial, abrindo vantagem já no quarto game. Muito superior ao adversário, o tenista de Belgrado não apenas administrou a quebra de vantagem até o final, mas tratou de ampliar a diferença com um novo break no oitavo e último game.

Dellien até tentou apostar no alto índice de primeiros serviços em quadra, colocando 84% deles em jogo, mas o seu desempenho como um todo com o saque deixou bastante a deseja, vencendo apenas 53% com o primeiro e 22% com o segundo. Não à toa, enfrentou 10 break-points contra e acabou quebrado seis vezes.

Recentes