Hubert Hurkacz vence com autoridade e impõe a Roger Federer sua pior derrota desde 2002

  • Esta foi apenas a terceira vez que Federer perdeu em sets diretos na grama do All England Club e a primeira em 19 anos

Londres, Inglaterra – Maior campeão da história de Wimbledon entre os homens, o suíço Roger Federer amargou nesta quarta-feira sua pior derrota na competição desde 2002. O responsável pelo feito foi o polonês Hubert Hurkacz, que mostrou uma incrível solidez em quadra para derrubar um ex-número 1 do mundo em sets diretos, marcando placar final de 6/3, 7/6(7-4) e 6/0, em 1h50 de confronto.

Esta foi apenas a terceira vez que Federer perdeu em sets diretos na grama do All England Club e a primeira em 19 anos. A última vez que ele foi derrotado sem vencer uma parcial sequer acontecerá em 2002, quando parou na estreia diante do croata Mario Ancic. O suíço também foi superado por 3 sets a 0 em sua segunda aparição no torneio, caindo diante do então número 5 do mundo Yevgeny Kafelnikov.

Para piorar a situação de Federer, esta foi a derrota em que menos games ele conseguiu vencer. Quando foi superado por Ancic 19 anos atrás, o suíço conseguiu fazer 12 games, e na eliminação frente a Kafelnikov dois anos antes foram 16 os games vencidos apesar do resultado negativo.

Algoz do oito vezes campeão do torneio, Hurkacz terá pela frente na semifinal, sua primeira em Grand Slam, o vencedor da partida entre Matteo Berrettini e Felix Auger-Aliassime. O polonês tem vantagem no retrospecto com o italiano, vencendo o único confronto que tiveram até então no circuito, mas leva a pior frente o canadense, que triunfou nos dois embates anteriores entre eles.

Mais velho a alcançar as quartas de final em Wimbledon desde a Era Aberta, o suíço até que não foi mal nos dois primeiros sets, mas passou longe do brilhantismo de outrora e cometeu alguns erros importantes em momentos cruciais da partida. No primeiro set, Federer não teve uma chance sequer de quebra, salvou três break-points no quarto game e foi quebrado no sexto.

Federer mostrou poder de reação e abriu a segunda parcial fazendo 3/0, mas não manteve o ritmo até o final. Hurkacz devolveu o break no sétimo e levou a definição para o tiebreak, em que o suíço cometeu quatro erros não forçados que acabaram lhe custando caro, um deles escorregando antes de tentar um voleio tranquilo junto à rede, quando furou a bola e perdeu o ponto.

Com confortável vantagem de 2 sets a 0, Huracz surfou o bom momento e tratou de anotar duas quebras consecutivas na abertura da terceira parcial, abrindo incríveis 5/0. Federer então foi ao saque mais uma vez para evitar o ‘pneu’, só que não conseguiu e acabou se despedindo de Wimbledon com um placar nada agradável no último set.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima