Finais de Wimbledon vão ter capacidade máxima de público

  • A Quadra Central poderá receber sua capacidade máxima de público, 15 mil pessoas, para as finais de simples masculina e feminina

Londres, Inglaterra – A organização do torneio de Wimbledon anunciou nesta segunda-feira algumas mudanças com a relação à autorização para a presença de público no Grand Slam londrino, que começa em duas semanas. A Quadra Central poderá receber sua capacidade máxima de público, 15 mil pessoas, para as finais de simples masculina e feminina. Já nos outros dias do torneio, será permitida a entrada de 50% da capacidade do All England Club.

Inicialmente, a previsão dos organizadores era de receber 25% do público, mas o aumento da capacidade faz parte de um programa de pesquisas do governo local. “Após recentes anúncios do Primeiro-Ministro e do Secretário da Cultura, uma série de eventos -incluindo o torneio de Wimbledon de 2021- poderá acontecer com maior capacidade de espectadores do que a orientação atual da Fase 3 como parte da próxima etapa do Programa de Pesquisa de Eventos do Governo”.

“Estamos satisfeitos por termos trabalhado em estreita colaboração com o governo, com órgãos de saúde pública e com nossa autoridade local em Merton”, diz o comunicado oficial. “Como parte desta próxima fase de eventos piloto, o campeonato começará na segunda-feira, 28 de junho, com 50 por cento do público em todo o clube, aumentando o capacidade para 15 mil pessoas na Quadra Central para o fim de semana das finais”.

A direção do Grand Slam londrino garante que o evento oferece condições de segurança para todos os presentes. “Isso nos permitirá cumprir nosso objetivo de realizar o melhor Wimbledon possível nas atuais circunstâncias, com a saúde e segurança de todos aqueles que fazem o torneio acontecer -jogadores, convidados, equipes técnicas, mídia, funcionários, residentes locais e parceiros – permanecendo nossa maior prioridade”.

Ainda de acordo com os organizadores de Wimbledon, novas informações sobre os protocolos de segurança serão divulgadas na próxima quarta-feira. “Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com o Governo para finalizar os detalhes de nossa participação no Programa de Pesquisa de Eventos, incluindo os requisitos para a certificação do status de Covid para os espectadores. Vamos emitir uma nova atualização na quarta-feira, 16 de junho, para confirmar esses detalhes”.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima