Carlos Alcaraz estreia com vitória e se torna o mais jovem a vencer em Roland Garros

  • Carlos Alcaraz se tornou o mais jovem a vencer no torneio desde Novak Djokovic, superando em precocidade o próprio compatriota Rafael Nadal

Paris, França – Ao conquistar sua primeira vitória em Roland Garros na segunda-feira, com 18 anos e 26 dias, o espanhol Carlos Alcaraz se tornou o mais jovem a vencer no torneio desde Novak Djokovic, superando em precocidade o próprio compatriota Rafael Nadal, que obteve seu primeiro triunfo com 18 anos e 11 meses, embora tanto em 2003 quanto em 2004 não tenha podido jogar o devido a lesão

Questionado sobre o assunto na entrevista coletiva após superar o compatriota Bernabe Zapata, em duelo de espanhóis vindos do quali, Alcaraz pediu calma ao ser comparado a Rafa. “Quando ele venceu sua primeira partida no torneio, acabou conquistando o título. Jamais esquecerei o primeiro jogo em Roland Garros, além de ter jogado contra um amigo. Espero também ter muitos pela frente”, falou.

O jovem espanhol não apenas comemorou o triunfo, mas também a experiência que ganhou em mais um jogo de Grand Slam. “A única coisa que noto é que estes tipos de jogos me ajudam muito a crescer como jogador, a lidar melhor com os momentos difíceis, a aguentar em quadra. Não dou muita importância ao ser mais jovem ou menos”, comentou Carlos Alcaraz.

A boa preparação foi destacada pelo espanhol como crucial para o resultado. “Tive duas pré-temporadas muito duras e isso está me ajudando muito. A última foi muito boa e dei um grande salto físico. Isso é algo básico para suportar este tipo de jogos. Sinto-me preparado para jogar muito e encarar jogos longos, confio na minha equipa sem dúvida”, disse o jovem tenista.

Ele também contou como sentiu as quadras em Paris. “Elas não têm muita terra e são bastante rápidas. Com o calor ao meio-dia ainda mais. A bola fica dura, mas fica mais pesada com o tempo e custa mais para movê-la. Gosto que sejam condições rápidas, eu gosto de ser agressivo. É bom para mim”, finalizou Alcaraz.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima