Roger Federer derrota Denis Istomin e avança em Roland Garros

  • O atual número 8 do mundo teve menos trabalho do que o esperado contra o uzbeque Denis Istomin

Paris, França – A primeira vitória do suíço Roger Federer sobre o saibro na temporada veio nesta segunda-feira, em sua estreia na chave de Roland Garros. O atual número 8 do mundo teve menos trabalho do que o esperado contra o uzbeque Denis Istomin, que não aproveitou o ritmo que pegou ao furar o quali e se mostrou presa fácil, caindo em sets diretos, com placar final de 6/2, 6/4 e 6/3, após 1h35 de jogo.

Depois de derrubar Istomin pela oitava vez em oito encontros, sendo este o primeiro no saibro, o tenista da Basileia terá pela frente o vencedor da partida envolvendo o croata Marin Cilic e o convidado da casa Arthur Rinderknech. Federer jamais encarou o francês de 25 anos e atual 118 do mundo, mas já duelou com Cilic 10 vezes, venceu nove (entre elas a única no saibro) e perdeu uma apenas.

Logo no primeiro game o suíço mostrou que não teria grandes problemas contra seu primeiro obstáculo em Paris e abriu a partida com quebra. Firme com os serviços, Federer não enfrentou break-points no decorrer do primeiro set e antes de marcar 1 a 0 no placar ainda conseguiu mais uma quebra para cima de um desanimado Istomin.

O ritmo do jogo seguiu o mesmo nas duas parciais seguintes, com o suíço passando tranquilo pelos seus games de saque e aproveitando bem as oportunidades de quebra criadas. No segundo set, ele perdeu três break-points no primeiro game, mas aproveitou o primeiro que teve no terceiro e conseguiu a vantagem que apenas precisou administrar até o fim para ampliar o marcador para 2 a 0.

Roger Federer seguiu firme no terceiro set e novamente bastou algumas chances para conquistar a vantagem. Sacando em 0-40 no quinto game, Istomin até salvou dois break-points, mas não resistiu e sucumbiu no terceiro. O uzbeque ainda evitou duas chances de quebra no sétimo, mas no nono voltou a perder o saque e assim também o jogo.

Uma das boas notícias para os fãs do suíço foi seu desempenho com o saque, anotando 8 aces e nenhuma dupla falta e também colocou 71% das primeiras bolas em quadra, fechando a partida com 80% de aproveitamento nos pontos com o serviço. Ele também mostrou precisão, com 48 bolas vencedoras e 20 erros não forçados, contra 18 e 13 de Istomin respectivamente.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima