Tenista francês diz que Rafael Nadal e Novak Djokovic estão ‘baixando o nível’

  • Gilles Simon vê uma queda de rendimento de ambos, embora sigam vencendo muito mais do que perdendo
Tenista francês diz que Rafael Nadal e Novak Djokovic estão 'baixando o nível'

Lyon, França – Uma das análises que se poder tirar desta temporada de saibro em 2021 é que o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic estão vendo cada vez mais a distância para o resto do circuito diminuir. Pelo menos é assim que pensa o francês Gilles Simon, que vê uma queda de rendimento de ambos, embora sigam vencendo muito mais do que perdendo.

“Achei Nadal e Djokovic menos eficientes do que alguns anos atrás. Cada vez mais eles são ameaçados por mais jogadores diferentes e têm cada vez menos partidas tranquilas, mas ainda vencem a grande maioria e mostram que são fortes”, observou Simon em entrevista para o L’Equipe.

O francês fez questão de ressalvar que mesmo com a queda de rendimento, os dois ainda disputam finais como aconteceu em Roma. “A margem está diminuindo, o nível de jogo caiu um pouco com as restrições da idade, só que mesmo assim ainda chegam na final”, complementou Simon, eliminado na primeira rodada no ATP 250 de Lyon pelo esloveno Aljaz Bedene.

Questionado sobre a forma que mostrará o suíço Roger Federer em Roland Garros, depois de perder logo em sua primeira partida no ATP 250 de Genebra, Simon destacou que o torneio francês esá longe de ser prioridade para o veterano de 39 anos.

“Roland Garros não é mais seu objetivo e nem o torneio do Grand Slam que ele mais deseja ganhar no momento. Ele joga no saibro para ter esperança de vencer partidas, aprimorar seu físico e levar tudo para a grama. Lá será mais doloroso. O Slam que tem em mente é Wimbledon e jogar em Paris apenas faz parte do plano”, disse Simon.

Ele também defendeu a utilização do ranking no sorteio em Paris, ainda que Rafael Nadal e Novak Djokovic possam cair no mesmo lado. “Não podemos fazer as chaves como queremos. A classificação existe e os pontos não foram roubados. Gosto dessa noção de classificação e Daniil merece ser o número 2, caso contrário temos então que mudar para uma classificação de Twitter ou Facebook”, disparou.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima