Em retorno, Roger Federer cai na estreia no ATP de Genebra

Genebra, Suíça – De volta a uma competição no saibro depois de quase dois anos, Roger Federer foi eliminado na estreia do ATP 250 de Genebra. Principal nome do torneio e número 8 do mundo, o suíço entrou diretamente nas oitavas e perdeu nesta terça-feira para o espanhol Pablo Andujar, 75º colocado, por 6/4, 4/6 e 6/4 em 1h49 de partida. O suíço chegou a liderar o último set por 4/2, mas perdeu quatro games seguidos.

Federer não disputava um torneio no saibro desde sua boa campanha até a semifinal de Roland Garros em 2019. Depois de não ter disputado os Masters 1000 de Madri e Roma nas últimas semanas, o torneio em casa o único que o veterano de 39 anos disputou no piso antes de voltar ao Grand Slam francês.

Além disso, o ex-líder do ranking só havia atuado em um torneio este ano. Ele jogou o ATP 250 de Doha, em quadras de piso duro, no mês de março. O evento no Qatar foi o primeiro que ele jogou após mais de um ano parado. O suíço passou por duas cirurgias no joelho direito em 2020 e precisou de um lento processo de recuperação.

Algoz de Federer, Andujar está com 35 anos e tem como melhor ranking da carreira o 32º lugar, alcançado em 2015. O veterano espanhol tem quatro títulos de ATP e marcou sua quinta vitória contra top 10 na carreira. Apesar da pouca diferença de idade, ele jamais havia enfrentado Roger Federer pelo circuito profissional.

Andujar agora espera pelo vencedor entre o jovem suíço de 18 anos Dominic Stricker e o húngaro Marton Fucsovics. Convidado para o torneio e 419º do ranking, Stricker foi campeão juvenil de Roland Garros no ano passado e recentemente venceu seu primeiro challenger. Nesta terça-feira, ele surpreendeu o croata Marin Cilic por 7/6 (7-5) e 6/1, enquanto Marton Fucsovics derrotou o suíço Henri Laaksonen por duplo 7/5.

Recentes