Kei Nishikori diz que segurança deve ser prioridade para organizadores de Tóquio 2020

  • Os comentários do tenista foram feitos em meio aos crescentes pedidos por um novo adiamento ou mesmo cancelamento do megaevento

Roma, Itália – Principal tenista masculino do Japão, Kei Nishikori disse nesta segunda-feira (10) que a segurança das pessoas em meio à pandemia do coronavírus deve ser prioridade para os organizadores dos Jogos Olímpicos.

A declaração do tenista foi dada em meio aos crescentes pedidos pelo cancelamento ou um novo adiamento do evento. Pesquisas recentes mostram que a população local rejeita a realização da Olimpíada esse ano.

“No fim das contas, eu ficaria relutante em (participar) se houvesse pelo menos um caso de infecção” nos jogos, disse Nishikori em uma coletiva de imprensa online após vencer o italiano Fabio Fognini por 6-3, 6-4 na primeira rodada do Masters 1000 de Roma. 

Nishikori contraiu o coronavírus no verão passado.

“Se você pensar apenas em atletas, acho que pode fazer isso se fizer uma boa bolha”, disse ele, mas acrescentou que também há riscos.

“O que acontece se (houver) 100 casos na (vila dos atletas) ou… milhares?” questionou.

Kei Nishikori foi o primeiro japonês a ter atingido o top 10 do ranking mundial, o segundo japonês a chegar a uma semifinal de Grand Slam e o primeiro asiático a chegar numa final de torneio do Grand Slam no masculino (US Open de 2014).

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima