Alexander Zverev repete o resultado de 2018 e conquitsa o Masters de Madri

  • O alemão precisou de uma virada e de três sets para derrotar o italiano Matteo Barretini
Alexander Zverev vence o Masters de Madri

Madri, Espanha – Apesar de ter coemçado atrás no placar, o alemão Alexander Zverev buscou uma incrível virada sobre o italiano Matteo Berretini para conquistar o Masters de Madri. Com o teto fechado na quadra Manolo Santana, em virtude da chuva neste domingo, o alemão venceu o jogo com parciais de 6/7 (8-10), 6/4 e 6/3 para conquistar seu segundo título em Madri e o quarto Masters 1000 da carreira.

Atual número 6 do mundo e algoz de Rafael Nadal e Dominic Thiem nesta semana, Zverev já havia sido campeão nas quadras de Madri em 2018. O alemão tem outros dois títulos deste porte, conquistados ainda na temporada de 2017 em Roma e em Montréal. Alexander Zverev de 24 anos já tem 15 títulos de ATP em 24 finais na carreira. Este é seu segundo título na temporada, já que ele também foi campeão no piso duro de Acapulco em março. Mas no início da série de torneios no saibro, ele precisou lidar com uma lesão no cotovelo, que prejudicava seu desempenho no saque.

Já Berrettini disputou sua primeira final de Masters 1000 na carreira e se tornou apenas o terceiro italiano a decidir um torneio deste porte. O primeiro foi Fabio Fognini, campeão no saibro de Monte Carlo em 2019, e o segundo foi o jovem de 19 anos Jannik Sinner, vice em Miami na atual temporada. O jogador de 25 anos e número 10 do mundo segue com quatro títulos de ATP na carreira. Ele vinha de oito vitórias seguidas no circuito, já que foi campeão em Belgrado há duas semanas. O italiano também se recuperou de uma recente lesão, sofrida no músculo abdominal durante o Australian Open.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima