Apesar da vitória, Isner diz que Rublev era o melhor jogador em quadra

Madri, Espanha – Apesar da vitória que lhe garantiu vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, o estadunidense John Isner exaltou seu adversário, o russo Andrey Rublev. O tenista de 36 anos disse que Rublev era o melhor jogador em quadra nesta quinta-feira (6), mas que as “condições perfeitas de jogo” permitiram sua vitória.

Isner eliminou Rublev por 7-6 (7-4), 3-6, 7-6 (7-4) em pouco mais de duas horas na terceira rodada do torneio disputado sobre o saibro na capital espanhola.

O primeiro set foi decidido no tiebreak, já que os dois tenistas confirmaram seus serviços. Isner fechou o set após abrir uma vantagem de 4-0. Rublev reagiu e deixou tudo igual no segndo set.

O set final também foi decidido por um tiebreak depois que Isner salvou o único break point em 1-2. O nº 39 do mundo conquistou uma grande vitória com aces consecutivos.

“Estou muito feliz. Eu não era o melhor jogador em quadra hoje; Eu ganhei a partida. Meu saque me manteve nele. Há uma razão para ele ter vencido tantos jogos este ano”, disse Isner em uma entrevista após a partida.

“São condições perfeitas para servir aqui, principalmente nesta quadra. Tem um som legal, como uma quadra coberta. Não posso pedir nada melhor que isso”.

Isner enfrentará duas vezes o finalista do Masters 1000 de Madri e o nº 4 mundial, Dominic Thiem, nas quartas-de-final.

Recentes