Tsitsipas avalia desempenho e diz que pode melhorar: ‘Tenho potencial’

Monte Carlo, Mônaco – Primeiro semifinalista do Masters 1000 de Monte Carlo, contando com o abandono do espanhol Alejandro Davidovich Fokina após vencer o primeiro set por 7/5, o grego Stefanos Tsitsipas está confiante com o desempenho que tem mostrado até então no torneio e acredita que ainda possa melhorar para ir ainda mais longe nesta semana.

“Jogar em casa (tem residência em Monte Carlo) é sempre emocionante, ainda mais se você ganhar várias partidas. Estou feliz pelo que fiz hoje e pela forma como me comportei nos momentos mais difíceis, em que muitas vezes não consigo tirar o meu melhor tênis. No meio do primeiro set ele se machucou e isso mudou tudo”, observou o grego.

“Não deve ter sido fácil para ele, mas também não foi para mim. É sempre uma situação estranha para os dois, mas no final consegui me manter sólido e fazer meu jogo para vencer o primeiro set”, complementou Tsitsipas, que viu o rival espanhol não conseguir continuar na partida por causa de dores na coxa esquerda.

O atual número 5 do mundo acredita que possa melhorar. “Estou jogando bem e sei que ainda posso jogar melhor, tenho potencial para isso. Aproveito todas as oportunidades que tenho para jogar meu melhor. Sei que quanto maiores os torneios, mais difíceis os oponentes se tornam, então espero batalhas mais duras pela frente e oponentes muito mais consistentes”, comentou.

Nas semifinais, Tsitsipas irá enfrentar o britânico Daniel Evans, que depois de derrubar o sérvio Novak Djokovic em sets diretos, teve trabalho para superar o belga David Goffin, precisando buscar a virada para avançar. Ele perdeu os dois duelos anteriores com o grego, que não quer pensar muito no histórico positivo.

“Embora seja verdade que ele não fez muitas partidas no saibro em sua carreira, Dan mostrou esta semana o quanto melhorou neste piso. Ontem o vimos vencendo o melhor jogador do mundo, Novak Djokovic, em uma vitória que significa muito. Ele tem jogado muito bem e está em grande forma”, comentou Tsitsipas sobre seu próximo rival.

Recentes