Roger Federer desiste do ATP 500 de Dubai

Doha, Catar – Horas depois de ser eliminado nas quartas de final do ATP 250 de Doha e de colocar em dúvida sua participação no ATP 500 de Dubai, que acontece na semana que vem, Roger Federer já anunciou que não irá jogar nos Emirados Árabes.

O suíço havia se queixado de dores no ombro depois do jogo que fez nesta quinta-feira contra o georgiano Nikoloz Basilashvili e perdeu por 3/6, 6/1 e 7/5. Como Federer não irá jogar o Masters 1000 de Miami daqui a duas semanas, ele voltará às quadras de treino antes de definir o calendário. O veterano de 39 anos e número 6 do mundo deve disputar alguns torneios no saibro para ganhar ritmo, mas seu foco é a temporada de grama.

“Foi ótimo estar de volta ao circuito. Amei cada minuto que joguei aqui em Doha. Muito obrigado à melhor e mais leal equipe, que me ajudou a chegar até aqui. Mas decidi que é melhor voltar a treinar e, por isso, estou me retirando do ATP de Dubai que acontece na próxima semana”, escreveu Federer em seu perfil no Twitter.

O torneio em Doha foi o primeiro que Federer disputou desde janeiro do ano passado. O suíço passou por duas cirurgias no joelho direito, a primeira em fevereiro de 2020 e a segunda em junho, e precisou de um longo processo de recuperação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Artigos relacionados