Novak Djokovic iguala recorde de Roger Federer

  • Djokovic iguala o número de semanas no topo do ranking mundial da ATP
  • Na atualização da semana que vem, Djokovic será o recordista isolado de semanas como nº 1

Miami, EUA – Ao aparecer na liderança do ranking desta segunda-feira (1), o sérvio Novak Djokovic enfim conseguiu igualar o recorde de semanas do suíço Roger Federer como número 1 do mundo. Os dois agora têm 310 semanas na ponta da ATP, mas o tenista de Belgrado fatalmente irá superar essa marca na semana que vem, se tornando o recordista isolado.

Djokovic alcançou o número 1 pela primeira vez com 24 anos e 43 dias, em 4 de julho de 2011, e teve como maior sequência até então 122 semanas obtidas entre 7 de julho de 2014 e 6 de novembro de 2016. Neste quesito, ele terá dificuldade para superar Federer, que tem uma sequência de 237 semanas na ponta.

O sérvio de 33 anos assumiu a liderança pela última vez em 3 de fevereiro de 2020 e desde então seguiu comandando a ATP. Neste período, ele não somou as semanas 23 de março de 2020 e 23 de agosto de 2020, quando o ranking esteve congelado, anotou 387 vitórias e sofreu 53 derrotas (aproveitamento de 88%).

Depois de Nole e Federer, o próximo da lista é o norte-americano Pete Sampras, com 286 semanas. Completam o top 5 o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl (270) e o norte-americano Jimmy Connors (268). O espanhol Rafael Nadal tem 209 semanas e é o sexto colocado.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima