Eliminação de Rafael Nadal garante recorde à Novak Djokovic

Melbourne, Austrália – Após a eliminação de Rafael Nadal nas quartas de final do Australian Open, a ATP confirmou pelo Twitter que Novak Djokovic irá manter a liderança do ranking além do dia 8 de março. Com isso, o sérvio irá atingir a marca de 311 semanas como número 1, superando o recorde de 310 que pertence a Roger Federer.

Antes mesmo do Australian Open já era sabido que Djokovic manteria a liderança até o fim do torneio e chegaria à 310 semanas no topo. No entanto, havia a possibilidade de Nadal, vice-líder do ranking, reduzir a diferença e tentar tomar a posição do sérvio nas três semanas subsequentes, chance que já não existe mais a partir de agora.

O próximo torneio do espanhol será o ATP 500 de Roterdã, a partir de 1º de março.

https://twitter.com/ATPMediaInfo/status/1362022603427315713

Há ainda a projeção não oficializada pela ATP de que Djokovic não terá sua liderança ameaçada até o dia 4 de abril, após a disputa do Masters 1000 de Miami. Isso garantiria ao atual número 1 do mundo a marca de pelo menos 314 semanas no topo do ranking mundial.

Recentes