Roger Federer : só voltarei aos torneios quando estiver 100%

Roger Federer não garante participação no AUS OPEN

Basileia, Suíça – Apesar de já ter sido anunciado como uma das atrações para o Australian Open de janeiro, o suíço Roger Federer garantiu neste domingo (18), em entrevista ao diário Schweizer Illustrierte, que não sabe se conseguirá se recuperar até o primeiro Grand Slam de 2021.

“Estou no caminho correto, voltando gradualmente, sem pressão e tomando meu tempo certo”, afirmou ele, que passou por uma segunda cirurgia no joelho. “Só decidirei voltar aos torneios quando estiver 100% fisicamente. Acredito que possa voltar no Australian Open, mas isso não está totalmente seguro. Terei de ver como irá a recuperação nas próximas semanas”.

Continua após o anúncio

Federer revelou que seu treino em quadra tem sido bem mais curto neste momento. “Não posso praticar em quadra por mais de duas horas. Estou trabalhando na resistência e na força, e não estou sentindo dor alguma. Em princípio, não haverá novas cirurgias”, avalia.

Ele no entanto disse que a aposentadoria ainda não é considerada. “Estive pensando em muitas coisas nos últimos meses, mas enquanto estiver me divertindo e me sinta competitivo, seguirei jogando. Depois, vou focar em minha família, minha fundação e nos patrocinadores. Ando interessado pelo assuntos ligados aos negócios, mas ainda não é hora de planejar nada”.

Sem citar o Brasil, Federer diz que gostaria de voltar a jogar exibições em países latino-americanos, como México, Chile e Colômbia e de ir também à Ásia. “Seria importante divulgar o tênis em locais onde o esporte ainda não é tão reconhecido”.

Comentários (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.