Novak Djokovic faz importante doação a hospital na Itália para combater o coronavírus

Bérgamo, Itália – Um dos países mais afetados pela pandemia causada pelo coronavírus, a Itália sofreu com hospitais lotados e grande número de mortos. Tentando ajudar um pouco um país pelo qual já declarou carinho especial, o sérvio Novak Djokovic resolveu fazer uma doação significativa a um hospital em Bérgamo, uma das regiões italianas com mais casos.

“Nunca teríamos imaginado ver na nossa conta bancária uma doação de uma pessoa com tanto prestígio. Atualmente, muitas empresas, associações e entidades privadas têm ajudado e agradeço a todos pela sua generosidade. Mas ver que entre os doadores está o número 1 do tênis mundial me deixa muito emocionado”, falou Peter Assembergs, diretor da Azienda Socio Sanitário Territorial (ASST) de oeste de Bérgamo.

O responsável pela ASST afirmou também que a importante doação de Djokovic permitirá remodelar a área de terapia intensiva do hospital, podendo ampliar as salas, melhorar os dispositivos médicos e estar mais atentos para cobrir emergências.

De acordo com os últimos dados, a Itália registou até agora 162.488 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus e 21.067 mortos. Isso motivou Djokovic a publicar mensagem nas redes sociais. “Querida Itália, mesmo que estejas passando por um momento difícil, quero que saibas que não está sozinha. Nós apoiamos e enviamos nosso amor e nossos pensamentos. Desejamos que sejas forte para enfrentar e superar estes dias difíceis”.

Recentes