Now Reading
Governo dos Estados Unidos espera retomar esportes em agosto




Governo dos Estados Unidos espera retomar esportes em agosto

Governo dos Estados Unidos espera retomar esportes em agosto

Washington (EUA) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, participou de uma vídeo-conferência no último sábado com dirigentes das principais ligas esportivas do país. O objetivo é traçar planos para o reinício das competições depois que a pandemia da Covid-19 estiver controlada. Segundo a apuração de redes como NBCBloomberg e ESPN, há a expectativa para que os esportes possam ser disputados a partir de agosto, embora nenhum prazo tenha sido apresentado no momento.

Os comissários-chefe das quatro grandes ligas esportivas Adam Silver (NBA), Roger Goodell (NFL), Rob Manfred (MLB) e Gary Bettman (NHL) estiveram entre os participantes da reunião, que também contou com representantes da WNBA, além de dirigentes do futebol, golfe, automobilismo e de lutas profissionais como o UFC e a WWE. Não havia representantes do tênis ou dos esportes universitários.

Após o encontro com dirigentes, Trump recebeu jornalistas na Casa Branca e foi perguntado sobre a possibilidade de retomar a rotina de eventos esportivos em agosto, para que a temporada da NFL, liga profissional de futebol americano, não seja afetada.

“Seria ótimo se pudéssemos”, disse o presidente norte-americano. “Não posso dar uma data, mas acho que isso vai acontecer mais cedo ou mais tarde. Queremos as pessoas de volta às arenas. Assim que estivermos prontos, obviamente. E os fãs também querem voltar e assistir aos seus esportes”.

US Open segue no calendário

Para o mundo do tênis, uma eventual volta das atividades esportivas em agosto possibilitaria a disputa do US Open. O último Grand Slam do ano está marcado para acontecer entre 24 de agosto e 13 de setembro. O principal entrave, no entanto, é que Nova York se tornou um epicentro da pandemia nos Estados Unidos. Dos mais de 304 mil casos registrados no país, 90 mil são no estado de Nova York.

O governador do estado, Andrew Cuomo, é mais cético quanto ao retorno das competições. “Eu adoraria ver os esportes de volta”, disse em pronunciamento neste domingo. “Mas isso não é uma questão de esperança, ou o que nós gostaríamos de ver. Nenhum de nós queria estar aqui. Sigam os dados, sigam a ciência. Deixem que os médicos e profissionais de saúde digam quando é seguro reabrir. Só então, podem reabrir”.

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.