Djokovic bate Thiem e fatura oitavo título no Australian Open

Melbourne, Austrália – Maior vencedor do Australian Open em todos os tempos, Novak Djokovic voltou a triunfar em Melbourne e conquistou seu oitavo título na competição e o 17º troféu de Grand Slam de sua vitoriosa carreira. O sérvio encarou uma batalha de cinco sets diante do austríaco Dominic Thiem e venceu por 6/4, 4/6, 2/6, 6/3 e 6/4 em exatas 4h00 de partida.

Djokovic diminui a diferença para seus dois principais rivais na corrida pelo recorde de conquistas em Grand Slam. Roger Federer tem 20 títulos, enquanto Rafael Nadal acumula 19 troféus. Além disso, o sérvio amplia a vantagem no recorde de títulos na Austrália. Atrás dele, ficam Federer e também Roy Emerson, ambos com seis conquistas.

Outra consequência direta do título em Melbourne é a volta de Djokovic à liderança do ranking. Ele acumula 275 semanas como número 1 do mundo. Em parte, ele foi ajudado pelo próprio Thiem, que eliminou Rafael Nadal nas quartas de final. Se o espanhol fosse semifinalista, não poderia ser alcançado pelo sérvio no ranking que será divulgado na segunda-feira. O sérvio defende os 2 mil pontos conquistados em 2019, enquanto Nadal havia sido vice-campeão no ano passado.

Este é também o 78º título de Djokovic na elite do circuito profissional. Com isso, ele ultrapassa John McEnroe e se torna o quinto jogador com maior número de títulos em torneios da ATP. As próximas metas para o sérvio são igualar as 84 conquistas de Rafael Nadal (ainda em atividade) e as 95 de Ivan Lendl. Jimmy Connors, com 109, e Roger Federer, com 103, são os recordistas.

Recentes