Australian Open: Serena Williams vence mais uma e mantém vivo o sonho do recorde

Melbourne, Austrália – Depois de marcar uma vitória tranquila na rodada de estreia do Australian Open, Serena Williams oscilou um pouco mais nesta quarta-feira (22), mas garantiu seu lugar na terceira fase da competição. Mesmo com alguns altos e baixos na partida, a heptacampeã precisou de 1h18 para derrotar a eslovena Tamara Zidansek, 70ª do ranking, por 6/2 e 6/3.

Serena só perdeu oito games no torneio. Na estreia ela havia cedido apenas três games à russa Anastasia Potapova. A ex-número 1 do mundo e atual nona colocada agora enfrenta a chinesa Qiang Wang, 29ª colocada, que venceu a francesa Fiona Ferro por 6/1 e 6/2. A norte-americana venceu o único duelo anterior contra Wang no US Open do ano passado.

O início de temporada tem sido perfeito para Serena. Ela começou o ano vencendo o WTA de Auckland e já acumula sete vitórias seguidas no circuito. A conquista na Nova Zelândia foi a primeira para a veterana de 38 anos desde o nascimento da filha, Alexis Olympia, em setembro de 2017.

Vencedora de 23 títulos de Grand Slam, Serena precisa de apenas mais um troféu para igualar a marca da australiana Margaret Court como a maior campeã em todos os tempos. O último título de Slam da norte-americana foi conquistado justamente na Austrália, em 2017, quando ela ainda estava grávida. Desde então, a ex-líder do ranking perdeu duas finais de Wimbledon e mais duas no US Open.

Mesmo com altos e baixos, jogo foi controlado

Serena venceu oito dos dez primeiros pontos disputados na partida e já abriu 2/0. A norte-americana passou por alguns altos e baixos no primeiro set, em que cometeu 11 erros não-forçados e encarou dois games de saque muito longos, chegando a salvar um break point. Já na reta final do set, a ex-líder do ranking conseguiu sua segunda quebra na partida, além de criar chances de ampliar ainda mais a vantagem. Serena fez 13 a 4 em winners na parcial.

Zidansek salvou sete break points nos primeiros games do segundo set. Serena parecia um pouco apressada para tentar a definição dos pontos e acabava perdendo muitas chances importantes de abrir vantagem. Houve uma breve interrupção por chuva e o teto da Rod Laver Arena precisou ser fechado.

Já no sexto game da parcial, a norte-americana foi bastante ameaçada e escapou de três chances de quebra, sacando muito bem em duas delas. As chances perdidas custaram caro para Zidansek, que foi presa-fácil na reta final do jogo. Serena, enfim, conseguiu a quebra e passou a dominar a partida, vencendo os três últimos games.

Serena liderou a contagem de winners por 25 a 11 e terminou a partida com 28 erros não-forçados contra 13 da rival. A norte-americana criou 14 break points no jogo e aproveitou quatro deles e evitou cinco chances de quebra da adversária.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Artigos relacionados