Ultimate magazine theme for WordPress.

Novak Djokovic: ‘Trabalho para ser recordista de Slam’

Abu Dhabi, Emirados Árabes – Enquanto o espanhol Rafael Nadal afirma que buscar o recorde de Grand Slam não é uma prioridade, para o sérvio Novak Djokovic a situação é bem diferente. Ele não esconde querer ser o recordista de títulos, mas sabe também que é acirrada a disputa com Nadal e com o suíço Roger Federer, que lidera a lista atualmente com 20 conquistas.

“Atualmente estou um pouco longe de Roger e Rafa. Estaria mentindo se dissesse que não penso no recorde de Grand Slams, mas isso não depende apenas de mim. São dois dos melhores tenistas de todos os tempos e acredito que ainda têm muitas oportunidades de continuar a vencer os principais torneios”, afirmou o número 2 do mundo.

“Trabalho dia a dia para ficar mais perto e para, no futuro, ultrapassar o número de Grand Slams. Veremos se consigo ou não”, complementou Djokovic, que disputou na semana passada o Mubadala World Tennis Championship, torneio de exibição que acontece no fim da pré-temporada. O sérvio perdeu na semi para o grego Stefanos Tsitsipas e depois acabou em 3º ao vencer o russo Karen Khachanov.

O primeiro compromisso de ‘Nole’ na temporada de 2020 será na estreante ATP Cup defendendo as cores de seu país, que está no Grupo A da competição, em Brisbane. O primeiro confronto dos sérvios será no dia 4 de janeiro contra a África do Sul. Dois dias depois eles enfrentarão a França e no dia 8 de janeiro fecharão a rodada de grupos contra o Chile.

Leia também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar usando este site, você concorda com a utilização de cookies. AceitarLeia mais