Ultimate magazine theme for WordPress.

‘Quando um jogador perde, ele sempre procura desculpas’, diz dirigente sobre Federer

Roma, Itália – Chefe da Federação Italiana de Tênis e um dos responsáveis pelo Masters 1000 de Roma, Angelo Binaghi lembrou em entrevista sobre uma declaração do suíço Roger Federer durante o torneio deste ano, em que reclamou das linhas molhadas em sua vitória sobre o croata Borna Coric nas oitavas de final.

“Quando você joga um torneio em uma semana úmida e chuvosa, é normal que você deslize. Então, quando um jogador perde, ele sempre procura desculpas: ou você escorrega, é culpa da quadra ou das linhas”, disparou Binaghi.

O suíço não foi o único a reclamar das condições de jogo do torneio. Outros também compartilharam esses pensamentos, um deles foi sérvio Novak Djokovic, que julgou péssimas as condições das quadras.

Perguntado se achava que Federer desistira do torneio para economizar energia antes do da disputa de Roland Garros, o dirigente italiano foi direto em sua resposta: “É normal que na sua idade ele tenha alguns contratempos depois de jogar duas partidas consecutivas”.

Federer teve que encarar uma rodada dupla na última edição do Masters 1000 de Roma por causa da chuva. Primeiro ele venceu o português João Sousa e em seguida superou Coric salvando um match-point. A sequência causou uma pequena lesão na perna e o suíço abdicou de disputar as quartas de final contra o grego Stefanos Tsitsipas.

Leia também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar usando este site, você concorda com a utilização de cookies. AceitarLeia mais