Roger Federer não resiste e perde para Dominic Thiem na estreia do ATP Finals

  • Esta foi a terceira vitória de Thiem sobre Federer somente em 2019
Roger Federer não resiste e perde para Dominic Thiem na estreia do ATP Finals

Londres, Inglaterra – Pela terceira vez na temporada, Dominic Thiem venceu uma partida contra Roger Federer no circuito. Assim como já havia acontecido na final de Indian Wells e também no saibro de Roma, o austríaco levou a melhor sobre o suíço na rodada de estreia do ATP Finals. Thiem marcou um duplo 7/5 em 1h40 de partida.

Além das três vitórias seguidas contra Federer, Thiem amplia sua vantagem no histórico de confrontos. Ele venceu cinco dos sete jogos que fez contra o rival de 38 anos. A última vitória de Federer aconteceu justamente na fase de grupos do ATP Finals do ano passado.

O resultado também serviu para determinar quais serão os jogos da próxima terça-feira. Thiem enfrentará o sérvio Novak Djokovic, em partida que reúne os dois vencedores da primeira rodada do Grupo Bjorn Borg. Já o hexacampeão Federer busca sua recuperação diante do italiano Matteo Berrettini.

Thiem tem a chance de se classificar e até de confirmar o primeiro lugar do grupo já na próxima rodada. Para isso, ele teria que vencer Djokovic, contra quem tem três vitórias e seis derrotas, e contar com uma vitória vitória de Federer sobre Berrettini. Nesse cenário, o sérvio e o suíço fariam um confronto-direto pelo segundo lugar do grupo na quinta-feira.

Vencedor de cinco títulos na temporada, Thiem marcou sua 47ª vitória em 2019. O austríaco de 26 anos faz sua quarta aparição consecutiva no ATP Finals e tenta passar pela fase de grupos pela primeira vez. Nas três participações anteriores, ele sempre teve campanhas com uma vitória e duas derrotas.

Por sua vez, Federer perde sua partida de estreia no Finals pelo segundo ano seguido. Na temporada, o suíço perdeu para Kei Nishikori, mas se recuperou ao vencer o próprio Thiem e também o sul-africano Kevin Anderson para chegar à semi. Ele acabou eliminado pelo alemão Alexander Zverev, que seria campeão do torneio.

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima