Bruno Soares avalia temporada 2019 e já pensa na pré-temporada 2020

O tenista Bruno Soares encerrou nesta semana mais uma temporada no circuito mundial da ATP, com a participação no Masters 1000 de Paris. Ao lado do croata Mate Pavic, o mineiro foi derrotado na estreia pela dupla do neozelandês Artem Sitak e do indiano Divij Sharan, com parciais de 6/7 6/4 10-3.

A temporada foi marcada por grandes mudanças na carreira do experiente tenista de 32 anos, desde o término da parceria de mais de três anos com o britânico Jamie Murray, com quem conquistou dez títulos, ao inínio com Pavic, que já rendeu frutos, como a conquista do Masters 1000 de Xangai.

“Foi uma temporada de altos e baixos nos resultados e também com uma mudança extremamente importante, o término da parceria com o Jamie e o início com o Mate”, disse Soares, fazendo um balanço do ano. Os resultados em Xangai e Estocolmo, que contaram com grandes vitórias contra muitas das melhores duplas da temporada, deram a confiança necessária para Bruno acreditar em um 2020 de conquistas.

“Estou bem empolgado com a parceria do Mate, estamos numa fase de começar a colher os frutos agora. Antes os resultados não estavam aparecendo, apesar de estarmos jogando bem, mas agora, em Xangai, mostramos o nosso potencial. Fomos campeões de um Masters 1000 de uma forma muito convincente e esse é o nível que a gente pode jogar no ano que vem”, completou o mineiro, empolgado para a próxima temporada.

Além do título na China, o mineiro levantou outros dois troféus na temporada, sendo campeão nos ATP 250 de Sydney (com Murray) e Stuttgart (com John Peers), e vice-campeão por duas vezes, em Estocolmo e também no ATP 500 de Barcelona. Esta foi a 12ª temporada consecutiva de Soares conquistando ao menos um título por ano, somando 32 títulos e outros 30 vice-campeonatos em sua carreira.

Em busca da melhor preparação possível, Soares já pensa na pré-temporada. “Vou ter bastante tempo para me preparar e cuidar do corpo. Tive alguns problemas com lesão neste ano, então vai ser uma época boa para cuidar de tudo isso, treinar bastante e voltar com tudo no ano que vem”, encerrou Bruno que decidirá nas próximas semanas com Pavic, o calendário do ano que vem.

Recentes