Aryna Sabalenka elimina Ashleigh Barty em Wuhan

Assim como aconteceu na última edição do WTA de Wuhan, na China, a bielorrussa Aryna Sabalenka eliminou a australiana Ashleigh Barty na semifinal do torneio. Nesta sexta-feira (27), a 14ª colocada venceu por dois sets a zero a líder do ranking mundial, parciais de 7/5 e 6/4, em 1h41.

Com a vitória, Sabalenka enfrentará a norte-americana Alison Riske, 35ª, na final de amanhã em busca do bicampeonato.

O começo da partida não indicava o desfecho que teria menos de duas horas depois. Apesar de começar com uma quebra contra, Sabalenka empatou a primeira parcial em 3 a 3 depois que sua rival falhou. A partir de então, a bielorrusa de 21 anos, cresceu, vencendo os três últimos games e fechando em 7 a 5.

Na volta, mais uma vez Aryna se aproveitou dos erros da adversária. No segundo game do segundo set, a australiana falhou em mais uma break point quando esteve na frente. Barty estava confirmando todos os games até o nono do segundo set, quando Sabalenka reagiu e aproveitou uma vantagem de 40/0 para garantir sua primeira quebra e, em seguida, sacar para fechar a partida.

Este foi o primeiro triunfo de Aryna Sabalenka sobre uma líder do ranking da WTA (Associação Feminina de Tênis). Contra Barty, esta foi a terceira vitória em cinco encontros.

Alison Riske faz final inédita

A norte-americana Alison Riske estreará em uma final do aberto chinês. Para alcançar a decisão, ela precisou eliminar a tcheca Petra Kvitová, por 2 a 0, também nesta sexta. Antes, ela bateu a ucraniana Elina Svitolina e a porto-riquenha Mónica Puig, camepã olímpica na Rio 2016.

Recentes