Simona Halep: ‘Gosto mais do US Open como espectadora do que como tenista’

Atual número quatro do mundo, a tenista Simona Halep contou em coletiva de imprensa o que espera do último Grand Slam da temporada, o US Open, que começa nesta segunda-feira (26) em Nova Iorque. A romena de 27 anos falou que a atmosfera é “um pouco demais para ela”, mas que “está se acostumando a cada ano”.

“Nunca se sabe bem o que esperar quando se joga aqui, tudo parece um pouco diferente. Preciso entrar em quadra mais relaxada”, afirmou a atual campeã de Wimbledon. “É um pouco exagerado para mim todo esse barulho, as pessoas ao redor. Gosto mais do US Open como espectadora do que como tenista”, acrescentou.

Cabeça de chave número quatro, Halep não teve um bom desempenho nas duas últimas participações no Slam americano. Em 2017, caiu na primeira rodada para a russa Maria Sharapova, que voltava após cumprir suspensão por doping, por 2 a 1. Ano passado, também na estreia, foi eliminada pela estoniana Kaia Kanepi por 2 a 0.

Halep estreia nesta terça-feira contra a local Nicole Gibbs, que entrou como lucky-loser, mas pode ter trabalho já na terceira rodada, caso a tcheca Barbora Strycova, 31ª, vença a espanhola Aliona Bolsova.

Confira a entrevista completa abaixo:

Comentários (0)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima