Tênis de mesa estreia com força total e já garante medalhas em Lima

Tênis de mesa estreia com força total e já garante medalhas em Lima

O primeiro dia do tênis de mesa brasileiro nos Jogos Pan-americanos Lima 2019 foi de 100% de aproveitamento. Nas três partidas disputadas neste domingo (4,) vitórias verde e amarelas. Com isso, o país já garantiu presença nas semifinais nas duplas mistas, femininas e masculinas e no mínimo uma medalha de bronze nestas disputas.

Gustavo Tsuboi e Bruna Takahashi disputam a vaga na final nesta segunda-feira, às 12h de Brasília, contra os portorriquenhos Brian Afanador e Adriana Diaz. Hugo Calderano/Gustavo Tsuboi e Bruna Takahashi/Jessica Yamada disputam as semifinais de duplas masculinas e femininas, respectivamente, também nesta segunda.

A vida de Gustavo e Bruna nas duplas mistas não foi totalmente tranquila, apesar das duas vitórias. Na primeira partida, das oitavas, contra os venezuelanos Marco Vargas e Neridée Niño, começaram mal o jogo, mas se recuperaram e venceram por 4 a 2 (7/11, 11/4, 8/11, 11/4, 11/4 e 11/5).

“O primeiro jogo é sempre um pouco mais tenso. Começamos errando um pouco, mas depois fomos nos adaptando e aí fluiu”, afirmou a jovem Bruna, de 19 anos.

No segundo jogo, a facilidade foi bem maior contra os mexicanos Marcos Madrid e Yadira Silva. Muito mais pela competência dos brasileiros, bem menos nervosos que na estreia e conseguindo impor o ritmo desejado. A vitória por 4 a 1 (11/3, 11/3, 8/11, 11/4 e 11/8) foi consequência natural.

Bruna não teve tempo sequer de comemorar a classificação. Saiu de uma mesa e foi para a outra, onde estreou no torneio de duplas feminino, nas quartas de final, ao lado de Jessica Yamada. Vitória sobre as dominicanas Esmerlyn Castro e Yasiris Ortiz, por 4 a 1 (11/9, 11/8, 11/4, 17/19 e 11/9). A semifinal será contra as porto-riquenhas Adriana Diaz e Melanie Diaz, às 20h15. A disputa do ouro acontece na terça-feira.

Tsuboi teve apenas uma hora de intervalo entre um jogo e outro. Ele estreou, também com vitória, no torneio de duplas masculino, nas quartas de final, ao lado de Hugo Calderano. Os adversários foram os cubanos Jorge Campos e Andy Pereira, batidos em uma virada espetacular, por 4 a 3 (9/11, 8/11, 12/14, 11/9, 11/8, 11/5 e 11/9). Na semifinal, assim como nas duplas mistas e femininas, os adversários serão porto-riquenhos: Brian Afanador e Daniel Gonzalez, às 21h.

“Eles jogaram muito bem. Estávamos com dificuldades no início, mas sabíamos que se continuássemos batalhando teríamos chances de virar o jogo. Foi importante manter a calma, a cabeça fria. Fiquei muito feliz da gente ter conseguido manter a calma e ganhar ponto a ponto”, avaliou Hugo Calderano, principal atleta do torneio.

View Comment (1)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On Instagram