Hóquei sobre a grama: Brasil leva virada da China e encerra sonho olímpico de 2020

Data:

Chegou ao fim o sonho do hóquei sobre a grama brasileiro de chegar a sua segunda Olimpíada. Nesta segunda-feira, o Brasil foi derrotado pela China por 3 a 2, pelo Pré-Olímpico da modalidade, e viu chegar ao fim as possibilidades de classificação para Tóquio 2020. A seleção chegou a abrir 2 a 0, mas cedeu a virada e assim não consegue mais alcançar seus rivais na briga.

Os gols do Brasil foram marcados por Joaquin Lopez e Yuri Heijden, com Lixing Su, Yuan Lin Tu e Yang Dong anotando os gols chineses. O time ainda encara Belarus na disputa pelo sétimo lugar, em Kuala Lumpur, na Indonésia. No Grupo B, o Brasil estreou perdendo para a Malásia por 6 a 0, depois foi derrotado pela Itália por 3 a 0, e agora caiu diante da China.

- Advertisement -

Na Rio 2016, o Brasil conquistou a classificação através dos Jogos Pan-Americanos, quando conseguiu ficar dentro do ranking mínimo estabelecido pela federação internacional da modalidade. O time não venceu nenhum jogo no Rio de Janeiro, mas ganhou a simpatia da torcida pela entrega dos jogadores.

Campanha brasileira na Rio 2016

Na primeira e última Olimpíada da seleção de hóquei sobre grama masculina terminou sem nenhuma vitória. O Brasil perdeu, primeiramente, para a Espanha por 7 a 0. Em seguida, levou goleada da Bélgica de 12 a 0. Nas partidas posteriores, o Brasil perdeu para Grã-Bretanha (9-1), Nova Zelândia (9-0), e Austrália (9-0).

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes