Com gol histórico de Marta, Brasil avança às oitavas na França

Com gol histórico de Marta, Brasil avança às oitavas na França

Marta marcou seu 17º gol em Copas do Mundo e se tornou a maior goleadora do torneio

A seleção brasileira feminina de futebol avançou às oitavas de final da Copa do Mundo ao vencer a Itália por um a zero, na tarde desta terça-feira, 18, no Stade du Hainaut, em Valenciennes, na França. Autora do gol da vitória brasileira, Marta chegou a marca de 17 gols em mundiais e se tornou a maior artilheira do torneio entre homens e mulheres.

Com a vitória da Austrália por 4 a 1 sobre a Jamaica no outro duelo da terceira rodada, o grupo C terminou com o empate triplo entre Brasil, Itália e Austrália. A Itália assegurou a liderança do grupo com saldo de gols de +5. Austrália e Brasil empataram também no critério (+3), mas as australianas levaram vantagem nos gols marcados (8 a 6). Assim, as brasileiras avançaram à próxima fase com o terceiro lugar.

O jogo

Em ritmo intenso, a seleção brasileira tentou controlar as ações. Com as linhas avançadas, o Brasil chegou a pressionar a saída de bola e sondar a área das adversárias, mas foi a Itália que criou a primeira grande chance. Aos quatro minutos, Bárbara se esticou toda e espalmou o chute rasteiro de Bonansea. A Seleção manteve a postura ofensiva e emplacou uma blitz com uma sequência de quatro escanteios consecutivos aos 16 minutos.

Na primeira cobrança de Marta, Debinha antecipou a marcação, emendou de letra e por pouco não surpreendeu a goleira Giuliani, que pegou no susto. Na segunda tentativa, Marta cobrou fechado e quase anotou um gol olímpico. Aos 39 minutos, Bárbara levou a melhor novamente para cima da atacante Bonansea e parou o contra-ataque italiano.

A seleção voltou pressionando as italianas. Logo aos seis minutos, Andressinha ficou muito perto de abrir o marcador em cobrança de falta, mas a bola explodiu no travessão. Aos 10 minutos, Kethellen subiu mais alto que as adversárias e, de cabeça, assustou a goleira Giuliani, que viu a bola tirar tinta da trave.

Com maior volume de jogo, o Brasil continuou em cima e chegou ao gol da vitória aos 28 minutos. Após Debinha ser derrubada na área, Marta mostrou categoria para definir a partida e entrar para a história dos Mundiais ao alcançar a marca de 17 gols na competição.

View Comment (1)

Leave a Reply

© 2018-2020 Agência Olímpica.

Rolar para cima