Messi dispara contra a polícia do Brasil: “Poderia ocorrer uma desgraça”

Data:

Capitão da Argentina, o campeão do mundo Messi não poupou críticas após deixar o campo no confronto contra o Brasil, na noite da última terça-feira (21), após a confusão entre torcedores dos dois países. Os hermanos venceram a partida, por 1/0.

“Vimos como estavam batendo nas pessoas. Vimos já como reprimiram na final da Libertadores, batendo com os cassetetes. Havia jogadores que tinham familiares ali. Pensamos em todos, claro. Nas famílias que não sabem o que estava acontecendo, e um jogo chegar a esse ponto, fica secundário”, comentou o argentino.

- Advertisement -

“Podia acontecer uma desgraça. Por isso decidimos ir para dentro, perguntar como estavam os familiares, as pessoas que estavam aí, averiguar um pouco tudo, e depois saímos”, declarou.

- Advertisement -
Gabriel Lima
Gabriel Lima
Gabriel Lima é jornalista, formado pela Universidade Federal do Pará. Já participou da cobertura dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, 2018. Na ocasião, esteve responsável pelas notícias e atualizações da ginástica artística.

Compartilhe

Recentes